Frases Para Rotating Header Image

Ditados para Blogueiros

Ditados para Blogueiros

Rouba, mas posta! (“Rouba, mas faz!”)

Quem com post fere, com post será ferido. (“Quem com ferro fere, com ferro será ferido”)

Mais vale um seguidor na mão do que dois voando. (“Mais vale um pássaro na mão do que dois voando”)

Blogueiro do pau oco! (“Santo do pau oco!”)

Antes um comentário tarde do que nunca. (“Antes tarde do que nunca”)

Blog ruim não quebra. (“Vaso ruim não quebra”)

Postando morreu um blogueiro. (“Pensando morreu um burro”)

Aqui se posta, aqui se paga. (“Aqui se faz, aqui se paga”)

Posts passados não movem comentários. (“Águas passadas não movem moinhos”)

Amigos, amigos, blogagem à parte. (“Amigos, amigos, negócios à parte”)

A união dos seguidores faz a força. (e o açúcar)

As aparências de um blog enganam (mas são necessárias).

A blog dado não se olha o template. (“A cavalo dado não se olha o dente”)

Antes só do que acompanhado de muitos trolls. (“Antes só do que mal acompanhado”)

Roupa suja lava-se no chat do blog. (“Roupa suja lava-se em casa”)

Azar no blog, sorte no Twitter. (“Azar no jogo, sorte no amor”)

Cada postagem uma sentença. (“Cada cabeça uma sentença”)

Desgraça pouca é blogagem. (“Desgraça pouca é bobagem”)

Casa de blogueiro, internet discada. (“Casa de ferreiro, espeto de pau”)

Não se cutuca blogueiro com comentário curto. (“Não se cutuca onça com vara curta”)

Dae ao Google o que é do Google e a Deus o que é de Deus. (“Dae a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”)

De blogueiro e de louco todo mundo tem um pouco. (“De médico e de louco todo mundo tem um pouco”)

Em blog fechado não entra mosca (nem leitores).

Em terra sem internet quem tem um blog é rei. (“Em terra de cego quem tem um olho é rei”)

Filho de blogueiro twitteiro é. (“Filho de peixe peixinho é”)